quarta-feira, 11 de maio de 2011

Tudo Igual

Quebram-se as pedras
Inundam-se as pastagens
Mármores explodem
Viram-se os Homens
Comem-se as selvas
Explodem-se as coragens
Alteram-se as forças
Novas forcas são criadas
Mas o mundo continua o mesmo

Um comentário:

Carol Sandov disse...

Gostei!