sábado, 19 de setembro de 2015

Alucinação

Se tua beleza é pote
Eu sou água
Se tua ternura é flor
Eu sou pólen
Se tua alegria é rio
Eu sou água
Se deságuas em mim
Sou tesão
Pois sendo tu, ele
Eu sou







Nenhum comentário: