quinta-feira, 24 de abril de 2014

Tudo tem que passar.

Onde você escreveu o amor?
Naquele papel de carta
Velho e rabugento
De uma época velha e rabugenta
Onde todos tinham tudo
E eu não tinha nada

Onde você escreveu a paz?
Naquele muro de estuque
Coberto e doentio
Com cal barata e doentia
Onde todos me fuzilavam
E eu não tinha muque

Onde você escreveu a dor?
Naquela cadeira velha de cozinha
Da cozinha da minha velha e bem calçada
De uma vida de fazenda e tendas e calçados
Onde todos me amavam
E eu não tinha nadinha

Onde você escreveu o beijo?
Naquela bochecha cor de Sol
Cheirosa de pó de flor e cortina dourada
Cheirosa de tão longe que o dourado
Já nem existia mais
E eu não tinha nem álcool

Onde você escreveu minha reza?
Naquele livro platinado
Do quarto de rezas do altar
De um homem por demais alto
Que já não existe mais
E eu não o havia encontrado

Onde você escreveu minha vida?
Naquela nuvem que passei
Pela minha janela do décimo andar
Pelo corredor onde lembranças andam
E que hoje a portaria tranca
A idade é um prédio...
Nunca mais a recuperei




11 comentários:

Anônimo disse...

Si....la edad mental es un sitio donde nunca coincidiremos

Anônimo disse...

Todo lo demás q tiene tu edad no me interesa en tí ni lo más mínimo....en otra persona es posible q vea en su juventud algo fresco q me haría feliz...vc sigue siendo el viejo q fue de niño...

Anônimo disse...

Vete ya...pero déjame el ordenador ....que te gusta joder al prójimo...

Anônimo disse...

Ehhhhhh......me devuelve mi portátil?

Anônimo disse...

Su gracia con mi portátil me ha hecho perder todo lo q tenía.....

Anônimo disse...

Muchas de las cosas q escribo son de los vídeos q me manda a mi youtube...es trampa...los demás no saben de lo q escribo....de todas maneras me gusta leerlo....sólo yo le escribo?...y campoy?

Anônimo disse...

Esto es como cuando yo borraba todo....vc siempre traiciona todo....cada uno en su estilo...

Kasô disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

No le va a funcionar nada,ni sus mentiras,ni sus manipulaciones,ni sus amenazas...nada!!!!...ni muerte ,ni alcohol,ni rivotril,ni venir a Sevilla,que te jodán!!!

Anônimo disse...

Hay tantas personas que siempre le van a decir lo que quiere escuchar!!!...porqué no las persigue a ellas?

Expedito Gonçalves Dias disse...

Tudo passa, tudo se renova. É a força da vida, do progresso da Criação.
Abraços!