quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Imprevisível

A vida é mágica, boa, ruim, e imprevisível. 

Um casal se amava em frente ao Copacabana Palace. No escurinho da areia, amavam deitados. O mar lhes vinha roçar os pés de vez em quando, e quando o amor realmente esquentava vinha lhes lamber os cabelos, como se quisesse participar. Acabava por lhes esfriar um pouco, mas isso só ajudava a dar mais vontade de recomeçar, e assim ia seguindo o casal, abraçado como se fosse um só indivíduo. Ninguém repartia deste amor carnal e belo, ninguém conseguia vê-los a mais de um metro dada a escuridão de um poste estrategicamente queimado - às vezes a prefeitura até que acertava sem querer. O vento que os secava também os molhava de areia, e o atrito desta aumentava a fissura do amor. A maresia era como fumaça emanando de seus corpos, e o perfume das estrelas do mar era o odor suave que transbordava como essência dos seus poros, da epiderme amada. Ninguém sabia, ninguém assistia, ninguém existia, e era para ser assim o grande amor alcoolizado de sal.

Quando de repente surgiu um daqueles tratores de limpeza da Comlurb e passou exatamente por cima deles. O trator manipulado por dois funcionários infelizes na vida, e ignorantes da situação, matando o sono com café mal coado, nem perceberam que podíam matar alguém também. Continuaram a marcar a areia húmida da praia com seu rastro de marte.

Como é a vida, não é? Imprevisível! Quem poderia prever que um casal se amando enlouquecidamente, pudesse estar amando pela última vez sem saber? Pois é assim a vida - feita de esquinas - nunca se sabe o que virá, como virá, ou quando virá. Neste caso, particularmente, quando poderá ir embora! Fria como a luz, desconcertante como um beijo que pode durar apenas um segundo de uma eternidade mal programada, mas exibida, e mal raciocinada: a vida é um procênio sem ensaio! Quente como o Sol de um calor penetrante e longínquo. Já dizia uma música que ela vem em ondas. Será? A vida vem como vier. Não existe passado, nem presente, nem futuro. Ela é o contar de um segundo que já foi. E o amor é apenas um momento, um verão profundo, uma queimadura de estrelas na pele, um breve bronzeado de uma noite de maresia. Quem vive não precisa, nem deve olhar muito para a frente, só para os lados, porque direção é coisa certa, mas destino depende apenas da correnteza, e não há tempo. Não há tempo de se virar quando um trator da Comlurb resolve lhe mostrar o que é a vida que você perdeu. Que pena...

Porém, por mais incrível que possa parecer!, o trator passou suas imensas rodas de avião pelo lado externo deles. Ou seja: os dois abraçados, completamente deitados, num amor terminal, flácido de alegria, e repleto de endorfina, não se moveram. E estáticos, formando o desenho reto, quase geográfico de dois corpos em união,  cegos pela escuridão da noite e surdos de ilusão,  não viram, nem notaram o imenso trator passar por cima deles sem nem mesmo resvalar areia em suas peles tardias. O dois homens do trator, já a uns 500 metros de distância à frente, nem puderam dar conta dos destinos que quase ceifaram, e que o acaso os proporcionou. A todos! Esse acaso ininteligível que nos amadurece e nos destrói, que nos tira daqui, nos põe ali, e que somente Deus consegue cavalgar. 

- Amor...
-Sim, querida?
-Vamos de novo? 
- (risos e beijos) - E assim continuaram incólumes, sem perceber quantos cometas raspavam a Via Láctea naquele exato momento.

É... A vida é mesmo, mágica, boa, ruim, boa, ruim, boa, ruim, boa...e imprevisível!




6 comentários:

Bela Campoi disse...

Adorei o "amor alcoolizado de sal"...

Rosa Rosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosa Rosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

...por eso es mejor tener dos...por sí se te suicida alguno...porque en realidad él vió el camión de lejos...

Anônimo disse...

por cierto,me alegro que esté mejor....ya era hora...despues de la Pelirroja,la china,la blanca...etc..sería mas creible si simplemente no escribiera mas sobre nuestra noche...

Anônimo disse...

la vida es mágica,buena,mala e imprevisible y vc es tonto,traidor y pesado...