domingo, 26 de janeiro de 2014

Relva, Sol e Vento

És linda como a relva
O Sol da tarde, pálido
Que desmancha nossos cabelos
E nos ensina que o amor é um vento.




Money sabe nada; mas Monet sabia.

Um comentário:

Anônimo disse...

Será que esse poema você se inspirou em mim rs? Esse quadro do Monet é muito lindo!!! Parabéns pela escolha...